fbpx

O que é necessário para que seu cão ingresse em um Day Care?

o que é necessário para que seu cão ingresse em um day care

Todos já sabem que hoje em dia os cães são considerados como filhos para muitas pessoas. Quando vamos escolher a primeira escola onde nossos filhos irão ingressar, pesquisamos durante muito tempo, até encontrarmos o melhor para eles, certo?!  E por que com os nossos filhos de 4 patas deveria ser diferente? Com certeza, não!

Cada vez mais nos preocupamos com o bem-estar físico e emocional deles. Quem nunca se preocupou onde iria deixar seu cãozinho durante as festas de final de ano, já que ele morre de medo dos fogos de artifício? Ou quando você está saindo para trabalhar, e o seu peludo olha para você com aquele olhar que até dói o seu coração.

Nos sentimos culpados por ter que deixá-los sozinhos em alguns momentos da nossa vida. Por isso, estamos sempre em busca de lugares onde sabemos que eles irão ficar seguros e felizes! Sabendo dessa necessidade crescente nos dias de hoje, surgem a cada dia mais creches para animais, que chegam para atender aos tutores mais exigentes.

O que é necessário para que seu cão ingresse em um Day Care?

Para oferecer um ambiente mais seguro, funcional e saudável para todos, preste atenção às exigências que tornarão seu cão apto a frequentar esses espaços:

  1. Carteira de Vacinação: A carteira de vacinação deverá estar em dia, com as seguintes vacinas obrigatórias: V8 ou V10, Antirrábica, Giárdia e Gripe Canina. Normalmente só são aceitas as carteirinhas com vacinas importadas, datadas e assinadas por médico veterinário.
  2. Vermifugação: Deverá estar em dia e ser realizada a cada 3 meses. O exame coproparasitológico (exame de fezes) pode ser realizado antes da admissão do cão e para maior proteção de todos trimestralmente.
  3. Antiparasitários: O controle de pulgas e carrapatos deve estar em dia! A aplicação dos medicamentos pode ser feita mensalmente ou trimestralmente, conforme a recomendação do fabricante da marca escolhida.
  4. Porte: Em muitos lugares os animais são separados por tamanho, dessa forma evita-se acidentes. Segurança é sempre primordial!
  5. Comportamento: Podem ser feitas avaliações de socialização, agressividade e ansiedade. Os animais são separados de acordo com o seu comportamento e afinidade com outros animais. Lembrando que cães não sociáveis com outros cães, ou agressivos com pessoas, não são aceitos, num primeiro momento.
  6. Fase reprodutiva: Só são aceitos machos castrados, e as fêmeas durante o cio não podem participar das atividades.
  7. Alimentação: Você deverá enviar diariamente o alimento que o seu filho de 4 patas está acostumado a comer. Avise sempre se ele tiver algum tipo de sensibilidade alimentar!

Lembrando que é sempre bom pesquisar bastante o estabelecimento em que seu pet vai ficar. Busque referências sobre o lugar, fale com amigos, procure as avaliações nas redes sociais de cada espaço. Assim você garante dias tranquilos pro seu amiguinho!

Gostou? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Atendimento AN Pets
Iniciar bate papo