fbpx

Tudo que você precisa saber sobre chá para pets

Nesse post vamos te apresentar tudo que você precisa saber sobre chá para pets.

Um bom cházinho é sempre bem-vindo! Assim como nós, os pets também podem relaxar com o uso de terapêuticos naturais.

E os chás são ótimas opções quando para isso, sendo complementos legais para dar ao seu pet.

Afinal, o uso dos chás para pets visa aliviar tensão, dores e auxiliar na eliminação de toxinas não bem-vindas para ao corpo. Mas, claro, depende de cada chá, porque não são todos que podem ser ingerido pelo seu pet, por isso, confira agora quais chás são de bons para seu doguinho, como introduzir na vida do animal e pode fornecer todos os dias.

1. Quais chás são bons para seu pet?

Existem diversas opções que você tutor pode oferecer, como os chás de:

– O de hortelã, que ajudam na digestão e combate o mau hálito;

– O de camomila, ajuda na digestão e relaxa;

– O de boldo, combate gases e ajuda no fígado;

– Moringa, serve de anti-inflamatório e imunoestimulante;

– Gengibre, auxilia como analgésico;

– O de erva-doce, alivia gases e combate a ansiedade em seu pet e entre outros chás são bem-vindos.

Vale lembrar que é interessante evitar ao máximo os chás que possuem cafeína, porque não são as melhores opções para o pet.

2. Como introduzir na vida do animal?

Assim como a transição para Alimentação Natural, é interessante oferecer em poucas doses no início, além de ser servido morno ou frio, entre as refeições, por exemplo, depois que o pet comer no horário do almoço oferecer um chá de hortelã, que ajuda na digestão é bom. 

Porém, não é legal oferecer chás que possuem cafeína a noite, como o de gengibre.

Contudo, uma sugestão de qual quantidade oferecer para cada pet, pode ser:

  • Até 5kg de peso, oferecer 30ml;
  • De 5kg até 10kg, oferecer 50ml;
  • De 10kg até 20kg, oferecer 80ml;
  • Acima de 20kg: oferecer de 100ml até 120ml.

Obs: Isso é uma sugestão e não o que é obrigatório, afinal, o veterinário do seu pet pode oferecer dosagens maiores ou menores, o que pode variar conforme o porte e raça do animal.

3. E pode fornecer todos os dias?

Então, o recomendado é oferecer uma pequena porção por dia, mas somente duas a três vezes no máximo durante a semana, porque ao invés de fazer bem, poderá fazer mal ao seu pet.

AH, prefira chás preparados a partir da planta fresca ou desidratada.

Tutor você já ofereceu chá ao seu pet? O que ele achou?

E se você ainda não ofereceu, comece por algum desses que falamos acima.

Só não vale deixar de oferecer cházinhos ao seu pet e de conferir mais conteúdos como esses em nosso Instagram @anpets.an e no próprio blog!

Gostou? Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Atendimento AN Pets
Iniciar bate papo